terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Quem somos?

 Mónica Barbosa

Quando vivia em Lisboa estava bem. Mas agora na Aldeia das Amoreiras está melhor.
Era psicóloga clínica no Hospital Júlio de Matos e por isso continua a dar consultas, onde calha ... é por onde passa. Tem consultório em Ourique e outro cá em casa. E quer ter mais.

Tem tanta tralha que lhe deu jeito abrir uma Loja Grátis no hall de entrada. Os amigos dela também mandam tralha que se farta. Para arranjar mais uns trocos e meter conversa com as vizinhas meteu a mercearia da sua dispensa à disposição de quem passa. Chama-lhe a "Dispensa da Aldeia".

Como se vê, é bem despachada e organizada, por isso meti-a a tratar da logística da Casa Verde.

Logo que veio para a Aldeia, instalou cá em casa uma sanita seca (pelo Marcos), um fogão foguete de massa térmica, uma lareira Rumford de sala (ambos feitos por Ruka e Sérgio do Monte Mimo) e um duche no quintal, com água quente de uma pilha de compostagem de estilha (este fui eu que fiz).

Vai muitas vezes a Lisboa e gasta todo o dinheiro, que lhe dou, em gasóleo.

Apanha bem as azeitonas e para comer azeite com mel e pão quente, faz favor ...



João Gonçalves

Vem das montanhas. Em inglês: "I came from the mountains".

Permacultor nato e desde a nascença, mas ainda assim conseguiu ser aceite em 3 cursos de  permacultura (os famosos PDC).
Por isso, costuma ser muito solicitado para consultoria, até por email e telefone.

Vi-o muitas vezes a cavar buracos para infiltrar água na terra. Diz que são swales... (isto também é inglês).
Para além de ir dar com ele sempre a plantar amoreiras, anoneiras, abacateiros e/ou medronheiros, agora empreendeu que havia de ter galinhas e sacou as do André Vizinho cá pró quintal. Obstinado, consegue sempre o que quer!

A última dele, é a tara por abacateiros. Se o virem a conversar com trauseuntes já sabem do que fala  "... pois, e ... abacateiros, há por aqui?"

Todos os dias diz que não volta a comer pão de trigo, mas é vê-lo a correr atrás da carrinha do padeiro para arranjar pão quente.

Aparece, com chapéu de cowboy, no filme documentário "Alface" realizado em 2011 na Aldeia das Amoreiras.  http://vimeo.com/58999047


E assim se vive na aldeia...
Beijinhos dela e abraços dele
Mónica e João

Sem comentários:

Enviar um comentário